CUSTOS FIXOS E CUSTOS VARIÁVEIS

CUSTO: É tudo aquilo que tenho na minha Empresa relativa à produtividade.

PRODUTIVIDADE: Total de Produtos, Mercadorias ou Serviços.

 

CUSTOS FIXOS: São despesas que não importa o quanto você produzir de produtos, o quanto você vender de mercadorias ou o quanto você prestar de serviço eles continuaram de forma invariável. Permanecendo mesmo que haja um aumento no volume de produção da Empresa.

  • Contas de água (*são hibridas – fixas e variáveis ao mesmo tempo) 
  • Energia (*são hibridas – fixas e variáveis ao mesmo tempo)
  • Aluguel
  • Telefone
  • Internet
  • Contador
  • Salários
  • Encargos sociais
  • Material de limpeza e conservação

CUSTOS VARIÁVEIS: São despesas que aumentam ou diminuem conforme o volume de vendas de produtos ou serviços prestados. Devido ao fato de estarem ligadas diretamente com o volume de produção de produtos ou serviços respectivamente.

  • Matéria-prima
  • Insumos indiretos
  • Embalagens
  • Impostos diretos de vendas (ICMS / Simples / ISS / PIS/ Confins / IPI / IRPJ / Contribuição Social)
  • Fornecedores
  • Mão de obra industrial
  • Mão de obra terceirizada

*Obs:. Alguns Custos, no entanto são considerados “híbridos” porque são classificados como parte fixa e outra parte variável.

Para a Indústria cuja produção consome muita energia elétrica necessariamente seu custo aumentará por haver um aumento de produção. No entanto, parte desta energia consumida, por exemplo, em outro setor da Indústria como setor administrativo – será um gasto constante e, portanto, um custo fixo. Essa lógica se também se aplica ao consumo de água.

Nas Empresas de Prestação de Serviço, o uso de água e luz não possui essa particularidade, em geral as contas de consumo possuem valores fixos e, portanto, podem ser considerados custos fixos.